Com o aumento da longevidade dos pets o clínico veterinário depara-se cada vez mais com doenças orgânicas relacionadas com a idade. Com o passar dos anos, órgãos vitais como rins, coração e fígado vão envelhecendo e podem não conseguir trabalhar no mesmo ritmo que um órgão mais jovem.

Se seu animalzinho apresentar tosse, dificuldade respiratória, desmaios, mucosas roxas ou abdômen abaulado, fique atento! Esses são alguns dos sintomas de alguma disfunção cardíaca. Ah, é importante ressaltar que esse quadro clínico também pode ocorrer em pets assintomáticos, viu?

Por isso, o primeiro procedimento a ser realizado pelo médico veterinário é o exame físico geral, com a auscultação cardiopulmonar que pode mostrar alterações nos batimentos cardíacos, nos sons pulmonares e também identificar sons diferentes durante as batidas do coração.  A auscultação cardiopulmonar é uma excelente ferramenta diagnóstica, porém, isoladamente, não ajuda a identificar as causas que estão levando o coração a apresentar tais anormalidades.

Como é feito o diagnóstico?

Depois da avaliação geral, o pet pode passar pelo estudo radiográfico torácico que avalia tamanho e forma do coração e visibilização de sinais extra cardíacos das cardiopatias. É um ótimo exame para avaliação pulmonar e do espaço pleural.

Já com o eletrocardiograma é feito o registro gráfico das atividades elétricas das células cardíacas.  Sua leitura proporciona informações úteis ao diagnóstico e controle de doenças cardíacas e sistêmicas e também diagnóstico de arritmias. Pode ser realizado continuamente por 24h (Sistema HOLTER), possibilitando um registro contínuo mais preciso da atividade elétrica cardíaca, enquanto o paciente continua com suas atividades normais.

Olhando dentro do coração

Para análise interna do coração (tamanho das câmaras cardíacas, massa ventricular, função ventricular, avaliação hemodinâmica, qualificação de problemas de válvulas ) e estimativa de pressão arterial pulmonar é necessário a realização de ecocardiograma (ultrassom cardíaco). 

Para se ter uma ideia, em alguns países já são utilizados marcadores cardíacos, testes bioquímicos que podem ser realizados na rotina clínica e auxiliam na identificação de animais com doença cardíaca assintomática. Desse modo, é possível estabelecer um prognóstico e realizar a terapia precocemente.

Pet afere a pressão?

Sim! A mensuração da pressão arterial nos pets é realizada com aparelhos específicos (geralmente com doppler e manguitos veterinários) e também é um exame de suma importância para análise da saúde cardiopulmonar. Cães e gatos também sofrem de pressão alta e algumas doenças sistêmicas podem influenciar na oscilação da pressão, sendo necessário a aferição frequente dela. 

O diagnóstico de doença cardíaca é realizado por meio de um exame físico detalhado e exames complementares, como o eletrocardiograma, e ecocardiografia, a radiografia torácica , mensuração da pressão arterial e até uso de aparelho Holter. Em muitos casos, quando solicitados isoladamente, esses exames não dão ao clínico resultados sólidos para diagnóstico conclusivo e tratamento adequado.

A única maneira de prevenir essas e outras doenças é levando seu pet a consultas veterinárias e acompanhar com frequência esses episódios. Aqui no Adharas Hospital Veterinário contamos com especialistas em diversas áreas, inclusive em cardiologia, prontos para auxiliar na saúde e longevidade com qualidade de vida. 

Nos casos de problemas cardíacos, procurar um especialista nessa área é muito importante para diagnóstico, terapia, esclarecimentos e acompanhamentos, visto que o tratamento é para a vida toda e, mesmo com medicação, a doença pode continuar progredindo.

Conte com o Adharas em todos os momentos da vida do seu amiguinho, sempre levando mais saúde, qualidade de vida e atendimento de excelência em mais de 10 especialidades clínicas.

Texto elaborado pela dra Ellen Blageski, Médica Veterinária Pós Graduada em Clínica Médica e Cirúrgica de Pequenos Animais, Pós Graduada em Neurologia de Cães e Gatos (em andamento) e Especialista em Ortopedia de Cães e Gatos.