Evitar pulgas e carrapatos é uma preocupação constante dos tutores. E está certo! Mais que desconforto ao animalzinho, esses parasitas podem causar doenças graves tanto aos pets, quanto aos seres humanos. 

Os carrapatos são da mesma família das aranhas e se alimentam do sangue dos animais, podendo transmitir doenças como a “doença do carrapato”, que pode levar o pet à morte.

Já as pulgas, encontradas com maior frequência em todo animal, causam irritações na pele e muito desconforto. 

Como prevenir é sempre o melhor remédio, separamos três dicas imperdíveis para que você garanta a saúde de seu melhor amigo.

1 – Inspecione o animal com frequência

Aproveite os momentos de brincadeiras, carinho, escovação e banho para sempre fazer uma inspeção no seu animal e eliminar esses parasitas assim que eles apareçam. 

É importante fazer esta checagem sempre que voltar do passeio, começando pelas patinhas, subindo por todo o corpinho até a cabeça. As pulgas e carrapatos preferem se instalar em lugares quentes e úmidos, como orelhas e pescoço, por isso, não esqueça de redobrar a atenção nesses lugares. 

2 – Evite locais onde possam haver pulgas e carrapatos

As pulgas e carrapatos permanecem por muito tempo em ambientes contaminados mesmo sem a presença de um animal. Por isso evite deixar seu bichinho passear ou brincar em locais com grama alta ou muita madeira e folhas acumuladas.

E você, humano, não esqueça de se proteger também. É importante usar roupas adequadas como tênis, calças e camisas de manga comprida quando estiver nesses locais. Os carrapatos, por exemplo, podem transmitir doenças como febre amarela.

3 – Proteja os ambientes em que o pet fica

Nos imóveis, os parasitas preferem se alojar em locais mais altos, em frestas e cantos, reentrância de muros, embaixo de telhas e até na cobertura dos canis. Realizar a dedetização do ambiente pode ajudar muito a evitar a contaminação do seu animal.

Além disso, é importante manter tapetes e cortinas higienizados, com aspirador de pó e lavagem frequente, sem falar no uso de produtos antipulgas e carrapatos na limpeza dos ambientes.

Dica bônus: seu pet foi atacado por pulgas e carrapatos, e agora?

Quando descobrimos uma infestação de carrapatos ou pulgas em nossos animais, apenas 5% do problema está concentrado no bichinho. Os outros 95% já estão espalhados pela casa, tapetes, roupinhas, brinquedos e caminhas dos pets. Por isso, devemos sempre tratar todo o ambiente e não apenas o cão ou gato.

No mercado existem diversos tratamentos para isso, como shampoos e sabonetes, coleira antipulgas e carrapatos, pipetas e comprimidos, mas a melhor pessoa para prescrever o tratamento mais adequado é sempre o médico veterinário. Aqui na Adharas contamos com uma equipe altamente qualificada que poderá ajudar você e seu amiguinho.

Gostou deste material? Siga a Adharas nas redes sociais e fique por dentro dessa e outras dicas para o seu pet.